28 Semanas – Terceiro Trimestre

Entramos no terceiro trimestre!

Por um lado, fico fez porque estamos na reta final da gravidez e por outro lado, começam os grandes incômodos.

Dormir tem sido complicado. Até o 5ª mês eu consegui dormir de bruços, depois de lado, mas agora Luísa quer escolher o lado que mais a agrada. Alguns dias eu consigo vencê-la pelo cansaço, mas tem dias que tenho que ficar na posição que ela quer. Senão nem eu, nem ela dormem! 😛 O problema é que às vezes nem de lado tem sido bom, tenho tido que usar várias travesseiros ao longo do corpo e já cheguei a dormir quase sentada. Mas depois que consigo uma posição, que nem sempre é a melhor para o meu corpo, durmo bem direitinho! Oremos pelo que vem por aí!

Esse semana sonhei (e papai também) que a pequena tinha nascido! 🙂 Foi um sonho bom! Ela era linda, gorduchinha, bicudinha e os olhos castanhos que ficavam verdes no sol (há essa possibilidade). Eu estava toda sem jeito para dar de mamar, deve ter sido um sinal para eu fazer logo o curso de amamentação. Mas queria deixar para o quanto mais perto, melhor (e todos dizem, não deixe nada pro final, toda errada eu).

E para dizer que não enjoei/vomitei nessa gravidez… senta que lá vem história:
Fui para o pilates e o ar condicionado estava quebrado. Um calor duzinferno e eu lá fazendo exercícios para o ciático. Resultado? Comecei a enjoar, enjoar e enjoar. Quando veio a notícia que o ar só iria funcionar no outro dia, desisti da aula. Aí foi só o tempo de chegar em casa e descer do carro, vomitei todo o lanche da tarde. Coisa chata! Passei o resto da noite meio enjoada e tive que apelar para remédio de enjoo. Íamos sair para comprar algumas coisas de Lulu e desistimos…..

Mas no dia seguinte decidimos qual seria o guarda-roupa e a poltrona do papai que vamos por no quarto da pequena, porque as poltronas de amamentação são péssimas, nada confortáveis e pelo que pesquisei com outras mães, quase ninguém usa direito. Como Daniel já queria uma poltrona legal para ele, quando eu achar que a mesma não é mais útil para mim e Luísa, papai toma conta. Agora eu acho que vai ser difícil, porque a poltrona é bem legal, como eu gosto de dizer, ela abraça a gente! 🙂 Devo começar a usar até mesmo antes de Lulu nascer, porque a tendência é dormir quase sentada até o fim da gestação e a poltrona vai dar uma boa ajuda. E acho que quando a pequena nascer vai ser uma disputa de quem vai colocar ela para dormir! 😛

Para fechar a semana, tive meu primeiro ataque de pânico da gravidez. Então senta que lá vem história!
Desde o inicio da gravidez que o corrimento vaginal aumentou bastante, todas as médicas disseram que era normal e eu fui levando… Nos últimos dias percebi que minha calcinha vive sempre molhada, mas também não dei ligança!
Aí vem a merda dos fóruns… Para que que a gente se cadastra nessas coisas? Para ficar neurótica, só para isso, porque não tem nada que você não ache informação mais correta em outro lugar, mas enfim! Entrei no fórum e tinha lá o diacho do tópico: “perda de líquido amniótico”, fui lá e cliquei. A menina falava que andava com a calcinha muito molhada e chegou até a molhar a calça e que foi no médico e estava com uma fissura na bolsa (ou algo do tipo que agora não lembro mais). Pensei, ah, mas eu nunca molhei a calça ou vestido… Poderia ter parado por aí e ter ido fazer alguma coisa mais útil, mas não… continuei lendo os comentários, e aí, caro leitor, é que o bicho pega. O povo dizendo que teve perda de líquido e teve que fazer cesária antes da hora e gente dizendo que perdeu o bebê! Pronto… Surtei!
Perguntei para minhas amigas grávidas da mesma época perguntando como andava a calcinha, uma me disse que usa até protetor diário porque é muita secreção e a outra não tem tido problema com isso. Poderia ter me acalmado? Poderia… Mas não!
Pirei na batatinha e não soube administrar a piração. Comecei a chorar enlouquecidamente e marido, coitado, não entendia o que estava acontecendo. Explique mais ou menos e ele tentou me acalmar e pediu para eu ligar para médica, e é vai eu, sábado, 9h da noite ligar para obstetra. Morrendo de vergonha, falei com ela, que disse para eu me acalmar, que quando é líquido mesmo, que vasa até deitada(o que não é o meu caso) e é sempre uma quantidade fora do normal. Que era para eu ficar observando, mas que a princípio, não era nada para eu me preocupar. Agora estou selecionando bem mais o que leio nesses fóruns.

E para fechar a noite, Luluzinha resolveu dizer que estava tudo bem com ela e mexeu muiiiiiitttttoooo a noite inteira. Essa minha filha não é a coisa mais fofa dessa mundo?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *